....::: Aquiraz Radio a Cabo:::...


Ainda dentro das diversas comemorações pelos 70 anos de vida de Alceu Valença, festejados em 1º de julho de 2016, o selo Discobertas põe no mercado fonográfico, em março deste ano de 2017, caixa com reedições em CD de três álbuns feitos pelo cantor, compositor e instrumentista pernambucano na década de 1970. A caixa Alceu Valença – Anos 70 reedita no formato de CD os álbuns Molhado de suor (1974), Vivo! (1976) e Espelho cristalino (1978) – lançados originalmente pela gravadora Som Livre e reeditados no ano passado, no formato de LP, em caixa luxuosa – e apresenta coletânea inédita com músicas gravadas por Alceu de forma avulsa, fora da discografia solo.

Entre os nove fonogramas extra-oficiais, há Retrato 3 x 4 (tema da trilha sonora da novela O espigão, exibida pela TV Globo em 1974), São Jorge dos Ilhéus (gravação feita por Alceu para a trilha sonora da novela Gabriela, editada em 1975) e Vou danado pra catende (tema composto por Alceu a partir de versos do poeta Ascenso Ferreira e lançada em disco no LP com músicas do festival Abertura, exibido pela TV Globo em 1975). Já Canção do espantalho e História que se conta são músicas cantadas por Alceu no disco com a trilha sonora do filme A noite do espantalho (Brasil, 1974), do cantor e compositor Sérgio Ricardo.


(Crédito da imagem: capa da caixa Alceu Valença – Anos 70)


Lady Gaga foi confirmada na madrugada desta quarta-feira (1º) como uma das atrações do festival americano Coachella. Ela entra na programação para subistituir Beyoncé, que está grávida e cancelou sua participação por recomendação médica.
A própria Gaga fez o anúncio em sua página no Twitter. "Vamos festejar no deserto", escreveu a estrela pop, ao compartilhar uma imagem da grade de atrações atualizada. Além da cantora, a banda Radiohead e o rapper Kendrick Lamar são headliners do evento. O Coachella é um dos mais importantes eventos musicais do mundo e acontecerá ao longo de dois fins de semana em abril em Indio, na Califórnia.
Os organizadores anunciaram a desistência de Beyoncé em fevereiro. Ela decidiu não fazer a apresentação "seguindo o conselho de seus médicos para manter uma programação rigorosa nos próximos meses", de acordo com um comunicado. O texto adiantou que a artista será atração do festival em 2018.
A confirmação da participação de Gaga na festa acontece semanas após sua apresentação no intervalo do Super Bowl e performance conjunta com o Metallica, na cerimônia do Grammy. A cantora lançou em outubro do ano passado seu quinto álbum de estúdio, "Joanne", com os hits "Perfect illusion" e "Million reasons".
Gaga também será uma das atrações do Rock in Rio 2017, que acontecerá entre os dias 15 e 24 de setembro deste ano. Ela fará o principal show do primeiro dia do festival. Maroon 5, Justin Timberlake, Aerosmith, Bon Jovi e Red Hot Chili Peppers também estão na programação, entre outros.

A  cantora Rihanna nunca cursou o Ensino Superior, mas pôde desfrutar de um prêmio da Universidade de Harvard, que a nomeou ativista do ano.

"Então eu vim para Harvard! Nunca pensei que poderia dizer isso na minha vida, mas a sensação é boa", disse Rihanna na terça-feira (28) à noite em meio a aplausos dos estudantes.
Harvard premiou a cantora de 29 anos por seus projetos humanitários, citando em especial o centro de tratamento contra o câncer localizado no Hospital Rainha Elizabeth em Bridgetown, em Barbados, e seu trabalho pela educação de meninas nos países em desenvolvimento.
Rihanna também criou um programa destinado a dar bolsas de estudo para caribenhos que vão estudar nos Estados Unidos.
"As pessoas fazem que isso pareça difícil", assinalou a cantora, que disse ter realizado sua primeira ação solidária aos 18 anos.
"Não é preciso ser rico para ajudar alguém, nem sequer é necessário ter um diploma universitário", acrescentou, enquanto dizia em tom de brincadeira que gostaria de ter tido um.
"Eu desafio cada um de vocês a assumir o compromisso de ajudar uma pessoa, uma organização, uma causa que tenham no coração", continuou Rihanna.
"Minha avó sempre me dizia: 'se você tem um dólar, tem muito o que dividir'", completou.
Descoberta na adolescência por um executivo da indústria da música, a cantora vendeu mais de 200 milhões de discos, ganhou oito Grammys, e 14 de suas canções ficaram no topo das listas das mais vendidas.
Entre os vencedores deste prêmio, estão o ex-secretário-geral da ONU Ban Ki-Moon, a ativista paquistanesa e vencedora do Prêmio Nobel da Paz Malala Yousafzai e o cantor americano Lionel Richie.


 O tribunal de Madri aceitou uma denúncia contra a estrela pop Shakira e o cantor colombiano Carlos Vives pelo suposto plágio da música "La bicicleta" (ouça aqui). A ação foi aberta pelo cubano Liván Rafael Castellano Valdés, que afirma que os artisitas copiaram partes de sua canção "Yo te quiero tanto", de 1997.
O cubano argumenta que, no final do ano passado, enviou a Vives, através da Sony ATV, "uma demonstração" de sua música para que cantasse, mas o colombiano decidiu reproduzir "um fragmento" sem sua autorização. Em "La bicicleta", Shakira e Vives cantam: "Que te sueño y te quiero tanto". A música de Liván diz: "Yo te quiero, yo te quiero tanto".
A denúncia foi interposta pela editora e representante do cubano, MDRB (Maryla Dianik Romeu) Music, e atinge, além de Shakira e Vives, a Sony Music Latin, Sony Music Entertainment, Sony ATV Publishing holdings Spain, EMI Music Publishing Spain e o produtor Andrés Eduardo Castro.
Fontes da Sociedade Geral de Autores e Editores (SGAE) informaram à agência Efe que, perante a denúncia, o órgão decidiu suspender o pagamento das quantias que lhe correspondem por direitos autorais. A partir de agora, processados e litigantes terão 20 dias para apresentar os documentos e provas em defesa de suas respectivas atuações.
O tema "La bicicleta", registrado por Vives e Shakira e produzido por Andrés Castro, começa com cumbia colombiana e termina com reggaeton. A música ganhou o Grammy Latino de melhor canção em 2016 e vendeu no mundo mais de 210 mil cópias.

Recado